Energia solar é armazenada quimicamente de forma eficiente


Energia solar é armazenada quimicamente de forma eficiente

Energia solar é armazenada quimicamente de forma eficiente
Energia solar é armazenada quimicamente de forma eficiente

Engenheiros do Instituto Paul Scherrer, Suíça, conseguiram romper uma das maiores barreiras ao uso disseminado da energia solar: eles provaram ser técnica e economicamente viável o armazenamento da energia elétrica gerada a partir da luz do sol. A energia solar foi aproveitada em um reator que atinge temperaturas de 1.200 graus Celsius. O reator, fabricado na Suiça, foi instalado em uma indústria em Israel. A redução do óxido de zinco, gerando o zinco metálico puro, é uma forma interessante de se armazenar quimicamente a energia do sol: além de poder ser utilizada quando for necessária, ela pode ser transportada. O zinco pode ser utilizado tanto para a fabricação de baterias como para a produção de hidrogênio, reagindo com vapor de água. Em ambos os casos o zinco se recombina com o oxigênio, gerando novamente o óxido de zinco original. Esse, por sua vez, pode voltar ao início do processo. Após testes exaustivos com protótipos de reatores em nosso forno solar, começou a funcionar com sucesso nossa planta-piloto, no Instituto de Ciências Weizmann, em Rehovot, próximo a Tel Aviv," comemorou Christian Wieckert, coordenador do projeto. Os primeiros testes da usina solar de geração de energia elétrica empregaram 30 por cento da energia solar disponível, produzindo 45 quilos de zinco por hora, um volume superior ao esperado inicialmente. Para que se compare às plantas tradicionais de produção de zinco, os pesquisadores afirmam ser necessário atingir uma eficiência entre 50 e 60 por cento. O sucesso deste projeto solar abre caminho para o emprego em larga escala de um processo termoquímico, no qual a energia solar pode ser armazenada e transportada na forma de um combustível químico. No processo, o zinco é combinado com carvão, coque ou biomassa de carbono, que agem como um agente reativo. A eficiência do novo reator permite que o agente reativo utilizado seja apenas metade daquele empregado nas operações tradicionais.

www.megatimes.com.br

Marcadores

Acre Administração Afeganistão África África do Sul Alagoas Albânia Alemanha Amapá Amazonas América Antarctica Arábia Saudita Argentina Armênia Arquitetura Artes Ásia Astronomia Austrália Áustria Automobilismo Azerbaijão Bahia Barbados Belarus Belgica Belize Biologia Bolívia Botswana Brasil Bulgária Burundi Butão Cabo Verde Camarões Camboja Canadá Cazaquistão Ceará Chile China Ciências Cinema Colômbia Comunicações Conan Concursos Coreia do Norte Coreia do Sul Costa Rica Croácia Cuba Cultura Curiosidades Cursos Dicas Dicas Mulher Dinamarca Distrito Federal Dominica Ecologia (Meio Ambiente) Economia Educação Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Emprego Equador Eslováquia Eslovênia Espanha Espírito Santo Esportes Estados Unidos Estônia Estradas Etiópia Fiji Filipinas Filosofia Finlândia Física França Gastronomia Geografia Geórgia Goiás Grécia Groenlândia Guatemala Guerras na África Guiana Historia História do Brasil Holanda Honduras Hungria Iêmen India Indonesia Informática Inglaterra Internet Irã Iraque Irlanda Islândia Israel Itália Jamaica Japão Jordânia Laos Letônia Líbia Língua Portuguesa Literatura Lituânia Madagascar Malásia Maranhão Marrocos Matemática Mato Grosso Mato Grosso do Sul Maurício Medicina México Minas Gerais Mitologia Moçambique Mongolia Música Myanmar Namibia Natureza Nepal Nicarágua Nigéria Noruega Nova Zelândia Omã Palau Panamá Paquistão Pará Paraguai Paraíba Paraná Pernambuco Peru Piauí Política Polônia Portugal Profissões Psicologia Quênia Química Reino Unido RELIGIÃO República Dominicana República Tcheca Rio de Janeiro Rio Grande do Norte Rio Grande do Sul Romênia Rondônia Roraima Russia Rússia Rwanda Santa Catarina São Cristóvão e Nevis São Paulo Saúde Senegal Sergipe Seychelles Singapura Síria Sociedade Somália Sri Lanka Sudão do Sul Suécia Suíça Suriname Tailândia Taiwan Tanzânia Tecnologia Timor Leste Tocantins Trinidad e Tobago Tunísia Turquia Ucrânia Uganda Uruguai Vanuatu Vaticano Venezuela Vietnam www.Klimanaturali.org Zimbábue
My Ping in TotalPing.com