Arte Bizantina - Arte de Caráter Religioso

Tags

Arte Bizantina - Arte de Caráter Religioso

Arte Bizantina - Arte de Caráter Religioso
No século IV, com a invasão dos povos bárbaros no Império Romano, o imperador Constantino resolveu dividir o mesmo em dois e transferir o centro das decisões para a cidade de Bizâncio, a qual passou a ser chamada Constantinopla. Em razão da localização da capital do Império Romano do Oriente, o desenvolvimento da arte foi influenciado por diversos povos, como gregos, persas, armênios, entre outros, realidade que resultou em um novo estilo artístico: a arte bizantina.

De caráter totalmente religioso, o mesmo se caracterizou pela sua função educativa. Em outras palavras, a arte bizantina tinha o fim de orientar os cristãos a respeito da vida de Jesus Cristo e outros assuntos relacionados, e não somente a função decorativa. Tal fator é facilmente assimilado se levarmos em conta que na época cabia ao clero a função organizar todas as formas de arte. Além do mais, o regime vigente era teocrático.

Os símbolos máximos da arte bizantina foram os mosaicos, diferentes dos desenhos gregos na temática e em algumas características, como no uso exagerado do dourado, por exemplo. Neste período, praticamente não houve o desenvolvimento da escultura, uma vez que esta remetia ao paganismo romano.

Após atingir seu apogeu no século VI, a arte bizantina conheceu seu pior momento após a instalação da Iconoclastia, doutrina que se opunha ao culto de ícones religiosos e outras obras. Mesmo assim, a arte sobreviveu até 1453, após a queda de Constantinopla.

www.megatimes.com.br

Marcadores

Acre Administração Afeganistão África África do Sul Alagoas Albânia Alemanha Amapá Amazonas Argentina Armênia Arquitetura Artes Ásia Astronomia Austrália Automobilismo Bahia Belgica Belize Biologia Bolívia Brasil Camboja Canadá Cazaquistão Ceará Chile China Ciências Cinema Colômbia Comunicações Concursos Coreia do Norte Coreia do Sul Costa Rica Cuba Cultura Curiosidades Cursos Dicas Dicas Mulher Dinamarca Distrito Federal Ecologia (Meio Ambiente) Economia Educação Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Emprego Equador Espanha Espírito Santo Esportes Estados Unidos Estônia Estradas Etiópia Fiji Filosofia Física França Gastronomia Geografia Goiás Grécia Guatemala Guerras na África Guiana Historia HISTÓRIA História do Brasil Honduras Iêmen Informática Inglaterra Internet Irã Israel Itália Jamaica LEGISLAÇÃO Líbia Língua Portuguesa Literatura Malásia Maranhão Matemática Mato Grosso Mato Grosso do Sul Medicina México Minas Gerais Mitologia Moçambique Música Natureza Nicarágua Noruega Nova Zelândia Panamá Paquistão Pará Paraguai Paraíba Paraná Pernambuco Peru Piauí POLÍTICA Portugal Profissões Psicologia Quênia Química Reino Unido RELIGIÃO Rio de Janeiro Rio Grande do Norte Rio Grande do Sul Rondônia Roraima Russia Rússia Santa Catarina São Paulo Saúde Sergipe Seychelles Síria Sociedade Sri Lanka Sudão do Sul Suiça Suíça Suriname Tailândia Tecnologia Timor Leste Tocantins Trinidad e Tobago Tunísia Uganda Uruguai Vaticano Venezuela Zimbábue