Acetona (CH3-CO-CH3)

Acetona (CH3-CO-CH3)

#Acetona (CH3-CO-CH3)
A acetona, composto químico de fórmula CH3-CO-CH3, é a primeira e a mais importante da série das cetonas alifáticas. É um líquido incolor, de cheiro bem característico, solúvel em água em todas as proporções, e de ponto de ebulição 56,5o C. Encontra-se, em pequenas quantidades, na urina e no sangue do homem e de outros animais.

Utilizada como solvente de vários compostos orgânicos e na fabricação de plásticos, lacas e vernizes, a acetona foi sintetizada pela primeira vez em 1595, pelo médico alemão Andreas Libau.

O primeiro método industrial de obtenção da acetona foi a destilação destrutiva do acetato de cálcio, obtido do ácido pirolenhoso, fração líquida resultante da destilação seca da madeira. Durante a primeira guerra mundial, para obter a cordite (pólvora britânica), desenvolveu-se um processo fermentativo de produção da acetona a partir do amido, pela ação do Clostridium acetobutylicum. O etanol e o álcool n-butílico formam-se, também, durante esse processo. Atualmente, o principal método de obtenção industrial consiste na desidrogenação catalítica de isopropanol, passando-se vapores desse álcool sobre cobre aquecido ao rubro.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados