MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE) PREVÊ PUBLICAÇÃO DE DOIS EDITAIS AINDA EM 2013

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) prevê, para 2013, a publicação de dois editais que, juntos, somariam quase duas mil oportunidades.
O número exato de vagas que serão oferecidas ainda é incerto, já que um dos concursos ainda não foi autorizado pelo Ministério do Planejamento. Trata-se da seleção de cargos administrativos, para a qual o MTE solicitou a aprovação de 1.858 vagas.
No outro concurso, o de auditor-fiscal, o órgão pediu aval para a criação de 629 postos, entretanto, foram autorizados somente 100. Ou seja, nada impede que o Planejamento libere um número de vagas bem menor do que aquele solicitado pelo MTE para o concurso da área administrativa, cujo objetivo será selecionar candidatos para carreiras de níveis médio e superior.
Para o Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho), o concurso da área administrativa é urgente, já que a falta de servidores tem prejudicado as atividades de apoio à fiscalização. “Além de concurso, os servidores reivindicam a criação de uma carreira própria e a melhoria geral das condições de trabalho e salários”, afirma o Sinait, em nota publicada em sua página na internet.
Auditor
Autorizado no dia 13 de fevereiro, o concurso para auditor-fiscal depende apenas da escolha da empresa organizadora, decisão que pode ser anunciada ainda nos próximos dias. De acordo com a autorização, assinada pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, o órgão tem até seis meses para publicar o edital da seleção, ou seja, até a primeira quinzena de agosto.

Para se candidatar ao cargo, o candidato deve ter diploma de nível superior em qualquer área de formação. O salário inicial é de R$ 13.600, podendo alcançar os R$ 19.451 no topo da carreira.

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados