JUSTIÇA DOS EUA AUTORIZA FOTOS DA BONECA BARBIE NUA

Uma corte federal dos Estados Unidos garantiu nesta segunda-feira o direito de um artista de do Estado de Utah de produzir fotos da boneca Barbie nua e sendo ameaçada por utensílios de cozinha.

Julgando que a imagem das bonecas Barbie é "propícia a comentários sociais", um conselho de três juízes da Nona Corte de Apelação rejeitou um pedido da fabricante Mattel Inc.'s para restringir o trabalho do artista.

A corte se baseou na Primeira Emenda da Constituição, ao sustentar que o fato se caracteriza como crítica social. Uma decisão favorável similar ocorreu em 2001, quando a Forsythe pôde produzir fotos da boneca em perigo, nua e atacada por utensílios domésticos.

A Mattel argumentou que as fotos infringiam seus direitos autorais. Forsythe utilizou as bonecas Barbie em absurdas poses e muitas vezes em posições sexuais para as suas fotos da série "Cadeia Alimentar Barbie".

O artista argumentou que a série, que incluía fotos da Barbie enrolada em tortilhas, buscava criticar a "coisificação das mulheres" e o "mito da beleza" associado à boneca.

"Barbie é o mais duradouros desses produtos que alimentam as inseguranças de nossa cultura de consumo obcecada por perfeição e beleza", disse o artista.