TACHINHA NA SOLA DO SAPATO SALVA HOMEM DE RAIO

Bruno Mazzota, fiscal de uma escola de Ostia, nos arredores de Roma, escapou da morte ao ser atingido por um raio graças a uma tachinha de metal cravada na sola do sapato, que acabou desviando a descarga elétrica.

Mazzota, de 44 anos, caminhava pelo passeio marítimo de Ostia protegendo-se da forte tempestade com um guarda-chuva e, quando tentava abrir a porta do colégio, foi atingido por um raio.

"Vi uma forte luz e a eletricidade percorreu meu corpo da cabeça aos pés. Fiquei sem respiração e pulso durante uns segundos", afirma Mazzota ao jornal romano Il Messaggero. Seu guarda-chuva foi totalmente destruído, já que atuou como pára-raios.

A vítima não chegou a perder a consciência, por isso pediu ajuda a quem passava, que em poucos minutos o levaram ao hospital. Os médicos não acreditaram na história de Mazzota, mas depois depois de exaustivos exames médicos comprovaram que, efetivamente, o homem tinha sido atingido por um raio, mas que não apresentava lesões, exceto uma pequena queimadura numa das mãos.

O inspetor recebeu alta poucas horas depois, quando os médicos comprovaram que estava bem. 

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados