CIENTISTA DE 50 ANOS TEM GENITÁLIA QUEIMADO POR UM LAPTOP

Parece que os laptops andam esquentando mais do que se imagina. Um cientista de 50 anos --até então saudável-- queimou seu pênis depois de trabalhar com o laptop no colo por cerca de uma hora. E ele estava vestido com calça e roupa íntima, segundo nota publicada no Lancet, o jornal de medicina mais conceituado do Reino Unido.

  Segundo ele, assim que sentiu o calor e uma sensação de queima, o cientista teria tirado o computador do colo e tudo ficou bem. Mas dois dias depois do ocorrido, o cientista notou um edema e inchaço no local.

  Embora o modelo do laptop não tenha sido divulgado, tudo leva a crer que se tratava de um Dell Latitude. O The Register.com chegou a essa conclusão depois de fazer uma busca no Google pelo texto de "precaução" que, segundo o usuário queimado, acompanhava o notebook.

  O alerta dizia, em inglês, "não coloque a base do seu computador portátil diretamente sobre a pele. Com o uso prolongado, a base alcança altas temperaturas. O contato direto com a pele pode causar desconforto ou, eventualmente, queimaduras".

  Ao fazer a busca por esse site, o The Register.com encontrou um texto de precaução idêntico no "Manual do usuário" do Dell Latitude, no site da Dell.

Fonte: Mega Times e Klima Naturali
Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados