COALAS SERÃO TRATADOS COM ANTICONCEPCIONAIS NA AUSTRÁLIA

Tags

Cerca de 3 mil fêmeas de uma colônia de ursos coala serão tratadas com anticoncepcionais na Austrália. Guardas florestais no Estado de Victoria, no sul do país, temem que os coalas da região podem passar fome se o crescimento da população não for contido.

Existem cerca de 10 mil coalas no Parque Nacional Mount Eccles, na região oeste de Victoria.

Trata-se de aumento considerável na população da espécie no local, visto que há 25 anos foram levados 77 coalas para a região. Devido à sua proliferação, os coalas comeram 70% de seu alimento favorito – folhas da árvore de onde se extrai a goma.

Fome
Os guardas florestais acreditam que caso não haja uma ação drástica, as árvores podem ser gradualmente extintas e a população coala poderá morrer de fome.

No passado, tentativas de promover a esterilização de coalas não deram certo. Na nova empreitada, guardas florestais pretendem capturar 3 mil fêmeas e implantar um pequeno tubo debaixo de sua pele que irá liberar o mesmo hormônio contido em pílulas anticoncepcionais.

O projeto traz alguns riscos. A Fundação Australiana de Coalas diz que os animais poderão desenvolver tumores e afirma que a medida é cruel e desnecessária. Mas o método já foi impregado com sucesso para conter o crescimento de populações de cangurus, macacos e felinos selvagens.